Preso sob acusação de chefiar uma organização criminosa que extorquia dinheiro de empresários e de receber suborno da JBS, Anthony Garotinho começou na manhã desta sexta-feira, 15, uma greve de fome dentro do presídio .

Em carta endereçada à direção do presídio, Garotinho informou que permanecerá em “jejum por tempo indeterminado” por ter sido preso injustamente e por estar no “limite do sofrimento”.

Lembrando que Garotinho fez o mesmo em 2006, quando era pré-candidato à Presidência da República e ficou onze dias sem comer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here