Saiba os hábitos que fazem os seios caírem!

0
38

Hábitos que fazem os seios caírem

Claro que não podemos lutar contra o tempo e que mais cedo ou mais tarde teremos que aceitar a velhice e todos os seus efeitos como uma nova etapa em nossa vida. Tendo isso em conta, sabemos que nossos seios não serão os mesmos depois dos 40 ou dos 60 anos, pois com o passar do tempo eles vão perdendo sua firmeza e chegará um momento em que será inevitável vê-los caídos. Entretanto, podemos trabalhar todos os dias para atrasar este sinal da idade e evitar seu aparecimento precoce, já que muitos dos nossos hábitos diários podem fazer com que eles caiam antes do esperado.

São muitos os fatores que ameaçam a firmeza, tonicidade e juventude dos seios. Outras influências são, por exemplo, o tamanho dos mesmos, a quantidade de bebês que amamentaram, as mudanças drásticas de peso e inclusive o tipo de sutiã que se utiliza. No entanto,a maioria das mulheres costuma ignorar outros fatores contundentes que podem provocar a queda precoce dos seios.

Os seios são uma de nossas armas de atração, sedução e sensualidade; dar a eles o cuidado adequado e manter bons hábitos poderia ser a chave para conservá-los jovens por mais tempo. A seguir, mostraremos os hábitos que você deve evitar se não quiser que seus seios caiam.

Usar um sutiã adequado para os seios
Este é um dos hábitos mais comuns e ignorados que existem. Os sutiãs são feitos de materiais flexíveis que se adaptam facilmente ao nosso corpo. Entretanto, muitas não usam o tamanho adequado e um ajuste ruim pode causar flacidez nos seios. O ideal é procurar um sutiã de tamanho apropriado, que se ajuste perfeitamente, mas que não aperte demais. Cerca de 80% das mulheres usam um sutiã inadequado. Você faz parte desse grupo?

O tabagismo é um vício que, além de afetar nossa saúde como um todo, também faz com que a pele perca a sua elasticidade, contribuindo para que os seios caiam e tenham rugas mais facilmente. Este mau hábito reduz a quantidade de colágeno na pele e prejudica a circulação sanguínea. Isso faz com que a pele se desgaste facilmente e os sinais da idade apareçam de forma prematura.

Perder e ganhar peso repetidamente
O fato de perder peso drasticamente faz com que a pele perca firmeza e a gordura corporal diminua. Os seios são compostos de glândulas e gordura, razão pela qual perder peso pode fazer com que eles caiam facilmente. Em relação a isso, quase sempre costuma ocorrer a queda dos seios quando alguém mantém uma dieta onde se perde e ganha peso repetidamente. Quando não temos uma dieta que equilibre nosso peso, isso gera uma tensão na pele e o resultado será a presença de seios caídos. Por isso, o ideal é tratar de manter um peso estável através de uma dieta equilibrada.

Não se proteger do sol
Apesar das várias advertências que são feitas sobre os riscos da exposição direta ao sol, ainda são muitas as que não usam um bom protetor solar para cuidar da pele e da saúde. Este mau hábito também afeta a firmeza dos seios, pois o colo é um dos lugares que mais recebe os raios diretos do sol. Estes raios fazem com que a pele se queime, se enrugue e envelheça precocemente. O ideal é aplicar um bom protetor solar antes de se expor a raios UV, e procurar evitar a exposição ao sol sempre que for possível.

Não fazer exercício e ter uma má postura
O exercício é uma das chaves para ter seios firmes, redondos e fortes. Entretanto, é muito importante saber trabalhar bem esta área do corpo, já que movimentos repetitivos para trás e para frente podem fazer com que os seios caiam facilmente, uma vez que o colágeno que os sustenta se reduz. Por isso é importante garantir que os seios estejam bem apoiados durante as sessões de exercício de alto impacto e, no geral, cuidar da postura durante todo o dia. Manter uma boa postura tanto ao caminhar quando ao sentar-se é chave para conservar a firmeza dos seios. É importante manter as costas retas e o peito levantado com muito orgulho.

E também pode seguir essas dicas:

1. Usar um creme firmador
Uma ótima dica para levantar os seios e mantê-los em cima é passar um creme hidratante à base de ativos como tensine e DMAE. Essas duas substâncias promovem uma tensão na área onde são aplicados e favorecem a sustentação dos seios, além de estimular a produção de colágeno.

O creme deve ser aplicado no sentido de baixo para cima, sempre pela manhã e, por ser forte, não deve ser aplicado todos os dias. Recomenda-se utilizá-lo de 3 a 4 vezes por semana, em dias intercalados.

Preço: estes cremes custam cerca de 100 a 350 reais, o que varia de acordo com a marca, a quantidade e o local vendido.

2. Usar um sutiã modelador
A escolha do sutiã correto para o busto de cada mulher ajuda a deixar os seios mais firmes, mesmo que de forma não definitiva, o que melhora a aparência e a auto-estima da mulher.

O sutiã redutor ou esportivo ajuda a sustentar melhor os seios, evitando assim possíveis complicações relacionadas com o peso dos seios, como dores nas costas ou problemas de coluna. Veja outras dicas para quem tem peito grande em 3 dicas para diminuir as mamas e ficar com tudo em cima.

Preço: estes sutiãs podem custar entre 25 a 100 reais, o que varia de acordo com a marca e qualidade do produto.

3. Praticar exercícios para os peitorais
Exercícios de flexão e levantamento de peso com halteres, como supinos e aberturas laterais, ajudam a fortalecer os músculos peitorais, que se posicionam atrás dos seios, além de ajudarem a diminuir a quantidade de gordura ao redor dos seios, reduzindo, também, a flacidez dos braços.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here